Deputado de MT vê elo de renúncia de Wyllys com vazamento de diálogos da Lava Jato

José Medeiros alega que herdeiro da vaga de ex-BBB é companheiro de editor do The Intercept

O ANTAGONISTA

O deputado federal José Medeiros (Podemos) enviou à PGR ofício em que reitera seu pedido para abertura de investigação sobre a “possibilidade de venda do mandato” de Jean Wyllys para o deputado David Miranda (PSOL).

No documento, ele também pede apuração sobre eventuais transferências de recursos entre Glenn Greenwald e Wyllys – que renunciou em janeiro alegando sofrer ameaças.

“Tem que parar de ser ingênuo. Há um claro objetivo político de desestabilizar tudo, para a Lava Jato e impedir a reforma da Previdência. Estamos em guerra contra uma quadrilha”, disse a O Antagonista.

No ofício, Medeiros relaciona a desistência de Wyllys às recentes reportagens do ‘The Intercept’ sobre trocas de mensagens entre Sergio Moro e procuradores da Lava Jato. O parlamentar fala em “invasão cibernética promovida e patrocinada por estrangeiros”.

“Tais fatos não me parecem ser mera coincidência.”

medeiros-oficio.jpg

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *