Em evidência, DEM já projeta eleger maior número de prefeitos em 2020

Partido quer usar governador, senador, presidentes da AL, Câmara e Senado para “bombar” postulantes a prefeituras no Estado

Da Redação

O Democratas em Mato Grosso quer aproveitar o protagonismo partidário para fortalecer candidaturas para as eleições municipais em 2020. A intenção, é usar a imagem do governador Mauro Mendes (DEM) e de uma série de políticos que estão nas presidências dos poderes legislativo no país para dar musculatura aos possíveis postulantes aos cargos de prefeitos e vereadores.

Segundo o secretário regional da sigla, deputado estadual Dilmar Dal’Bosco, a presença de correligionários no comando do Congresso Nacional e no cenário estadual devem ser estímulo para os filiados. A declaração do parlamentar foi ao programa Resumo do Dia, no início da semana.

“Hoje com certeza David Acolumbe (senador) como presidente do Senado, Rodrigo Maia (deputado federal) reconduzido como presidente da Câmara, o Botelho (deputado estadual) como presidente da Assembleia Legislativa, nós temos o governo do Estado (Mauro Mendes) também do nosso partido, o senador da República Jayme Campos, isso motiva o interior que estava faltando muito. Estávamos com o número de maior filiados no estado de Mato Grosso adormecido, agora com essa vitória do Governo, agora a vitória também na Assembleia, com certeza absoluta, nós motivar a ter candidaturas fortes no interior do Estado”, declarou.

Atualmente, o DEM tem cerca de oito mil filiados em Mato Grosso. A legenda tem prefeitos, com destaque para Várzea Grande, 2° maior cidade do Estado, comandada por Lucimar Campos.

Dilmar revela que o partido projeta conquistar mais prefeituras, principalmente a da capital. Hoje, o ex-deputado federal e suplente de senador, Fábio Garcia, é apontado como possível candidato pela legenda.

“Possivelmente a candidatura em Várzea Grande, aonde nós temos a nossa prefeita, candidatura aqui na grande capital e várias cidades polos do interior”, pontua.

Entusiasmado, Dilmar adianta que o DEM já inicia em 2019 a preparação para a eleição de 2020. Neste ano, o partido vai focar em organizar os diretórios para viabilizar as candidaturas, mas sempre respeitando os partidos aliados.

“Vamos tratar sobre os nossos diretórios a partir do mês de março, deve definir os diretórios municipais e diretórios estaduais para que a gente possa proporcionar as candidaturas a prefeito vice-prefeito e vereadores”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *