Homem é preso por causar lesões na parte íntima de criança em MT

Da REDAÇÃO

 

Suspeito de estuprar uma criança de 4 anos, José da Silva Oliveira, 32 anos, foi preso na tarde desta quinta-feira (08), em cumprimento de mandado de prisão preventiva, na cidade de Sorriso (420 km ao Norte). A investigação foi desenvolvida pela Divisão de Defesa da Mulher da Delegacia da Polícia Civil de Sorriso.

O suspeito, conhecido por Jatobá, estava sumido da cidade desde o primeiro turno da eleição, quando saiu à ordem de prisão, mas os policiais não podiam cumprir em razão a da legislação eleitoral. Nesta manhã, os investigadores receberam notícia de seu retorno e passaram a monitorar locais onde ele poderia estar.

Jatobá foi  preso no bairro São Mateus, em Sorriso, e responderá processo criminal por estupro de vulnerável. Na Polícia Civil, foi denunciado em agosto deste ano pela mãe da menina de 4 anos, que foi molestada por ele. A perícia confirmou que a menina sofreu lesões na vagina e a própria vítima contou a mãe e também aos policiais que o suspeito havia colocado o dedo em sua vagina. A mãe ainda contou que a criança sangrava também.

Segundo a mãe, a filha se queixou de dor durante o banho e não deixava lavar suas partes íntimas, revelando em seguida que o Jatobá havia lhe molestado. A partir do registro do boletim de ocorrência no dia 12 de agosto e confirmação do estupro via laudo pericial, a Polícia Civil representou que pela prisão do suspeito.

Ainda de acordo com a mãe, o estupro aconteceu na casa do avô materno, durante um fim de semana.  O suspeito é natural do Estado do Maranhão e conhecido do avô da criança, que o hospedou por alguns dias em sua casa. Ele estava em um dos quartos do imóvel quando a menina entrou e foi estuprada.

O mandado de prisão foi decretado pela 2ª Vara Criminal de Sorriso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *