Jajah, Kalil e Flávio se unem em VG; novo grupo deflagra sucessão de Lucimar Campos

 

Da REDAÇÃO

 

Considerada a “universidade da política mato-grossense”, Várzea Grande fez jus ao título e teve nesta sexta-feira (24) deflagrada a sucessão municipal ao Paço Couto Magalhães. Reunião fechada entre o suplente de deputado estadual, Jajah Neves, ex-vereador, Kalil Baracat e o empresário, Flávio Vargas, selou a formação de um grupo político com forte apelo eleitoral, aliado a bom aporte financeiro, requisitos necessários em uma eleição majoritária.

Segundo fonte do Site , a “trinca de ouro” vai caminhar unida para concorrer ao cargo atualmente ocupado pela atual prefeita, Lucimar Campos (DEM). Nas últimas eleições gerais, Jajah e Kalil, duas jovens lideranças, obtiveram, juntos, mais de 15 mil votos no município. Já Flávio Vargas, que atua no ramo de frigorífico, tem boa penetração no setor empresarial da cidade.

“Por enquanto ainda não discutimos quem será o candidato entre os três. No entanto, sabemos que unidos temos chances reais de emplacar o nome que será o sucessor da dona Lucimar, em 2020”, destacou uma fonte que esteve presente na reunião, acima citada.

O apresentador de televisão, Jajah Neves, conquistou quase 8 mil votos, nestas eleições gerais, em Várzea Grande, ultrapassando a marca dos 15 mil em todo estado. A boa performance nas urnas o credencia, por exemplo, a encabeçar chapa para a prefeitura municipal. Mas, de acordo com a mesma fonte, durante o encontro, Jajah não impôs qualquer condição nesse sentido.

“O Jajah está muito tranquilo e disse que tanto pode concorrer na cabeça de chapa como também apoiar outro nome do grupo. Com essa postura, ele se mostra maduro e humilde”, explicou.

O ex-vereador Kailil Baracat, filho do ex-deputado estadual, Nico Barcat (in memórian), se aproximou do senador eleito, Jaime Campos (DEM), nas eleições de 2016, inclusive ocupou cargo de secretário na atual gestão. Nos bastidores se comenta que Kalil pode ser ungido o nome dos Campos, em 2020.

Já o empresário Flávio Vargas nunca concorreu a cargos eletivos, mas sempre participou dos pleitos disputados no município. Com capacidade financeira própria para investimento na campanha, ele pode surpreender e na reta final tornar-se a opção de consenso do grupo governista que detêm o poder na cidade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *