Mauro diz que Governador é para trabalhar e não para ir em “festas”

 

 

O Gernador de Mato Grosso Mauro Mendes (DEM) avalia que visitas aos municípios não são prioridades e seu tempo está sendo dedicado para produzir soluções para o estado. A declaração do gestor está baseada na cobrança dos prefeitos quanto a presença do chefe do executivo Estadual em inaugurações de obras e festas de aniversários das cidades.

“Penso sim em visitar, mas entre aquilo que eu penso e que eu que gostaria de fazer e o tempo que me sobra, se eu for andar todos os municípios, seria ótimo maravilhoso”, disse Mendes.

Ele também lembra que caso decida visitar todas as cidades nesta solicitação, vai acabar sendo o pior governador da história. “O prefeito gostaria de ter o governador lá na sua festa de aniversário ou em uma inauguração de uma obra municipal ou até mesmo estadual, se e for fazer isso, eu vou ser o pior governador da história, porque eu não vou ter tempo para trabalhar e produzir as soluções que MT espera de mim”, destaca.

Ele explica que determinou que os secretários realizassem as obras e tenham um bom entendimento com os prefeitos. Além disso, o democrata destaca que tem orientado a todos do seu staff a garantir a qualidade dos serviços.

“A orientação clara que eu dei ao secretário Marcelo (Infraestrutura) e a todos os secretários, que obras têm período de garantia. Se der problemas, obrigatoriamente isso é um dever do secretário, acionar a garantia, e se essa empresa não responder, de acordo com aquilo que prevê o contrato e a própria legislação, o secretário tem o dever de fazer isso”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *