Vendas de Natal nos supermercados de Mato Grosso cresceram mais de 10%

As vendas do Natal foram um sucesso, de acordo com o presidente da Asmat, Alessandro Morbeck, que segundo ele, registrou crescimento dentro da média nacional, de 10,27%.

Da Redação

Considerado um dos melhores natais dos últimos tempos para o setor de supermercados, com crescimento de vendas em média, de 10% a 13%, de acordo com a Associação de Supermercados de Mato Grosso (Asmat), as sobras de comidas e produtos natalinos foram bem menores este ano.

Ainda são encontrados panetones, por exemplo, por preços a partir de R$ 5,99. Algumas aves também sobraram, mas em menor volume.

A oferta é chamariz para alguns consumidores que são ávidos por comidas natalinas.

As vendas do Natal foram um sucesso, de acordo com o presidente da Asmat, Alessandro Morbeck, que segundo ele, registrou crescimento dentro da média nacional, de 10,27%. “A venda de itens como panetones e frutas cristalizadas foram muito boas, chegando a superar esse percentual, com 12% a 13% de acréscimo em relação ao ano passado”, revela. “As sobras de panetones ocorreram dentro de um volume normal. Com pequenas promoções vamos zerar o estoque rapidamente”.

Segundo ele, o peru é o único item que decepcionou e gerou decréscimo nas vendas, embora o setor estivesse otimista e esperasse crescimento de 7,14% antes do Natal. “Houve uma mudança no consumidor, talvez por questão de custos ou por formatação da ceia, que provocou decréscimo na demanda em relação a 2017”, completa

Uma rede de supermercados não revelou o quanto os preços baixaram, mas informa que tem produtos natalinos à disposição na liquidação de início de ano, como panetones, aves sazonais, tender, bacalhau, carnes especiais, entre diversos outras mercadorias. Há panetones de R$ 6,72 até R$ 124,90, variando de acordo com o tamanho e marca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *